saúde ocular

Quanto tempo as crianças podem ficar em frente às telas sem prejudicar a saúde ocular?

No mundo digital, estamos sempre conectados à televisão, computador ou celular. Mesmo para os adultos, a exposição excessiva às telas pode trazer diversos problemas. Entre as crianças, essa preocupação é ainda maior, pois fica cada dia mais difícil controlar a quantidade de tempo que elas passam em frente a essas telas. É, entretanto, um cuidado fundamental que os pais precisam ter. Segundo organizações de pesquisa em saúde ao redor de todo o mundo, deixar que as crianças passem tempo demais assistindo à TV, na frente do celular ou do tablet pode resultar em inúmeros problemas. Entre eles, estão prejuízos à saúde ocular. 

Ainda não se chegou a um consenso do limite de horas diárias de exposição das crianças às telas considerado aceitável. No entanto, os pais devem ter em mente as possíveis consequências do uso abusivo dos dispositivos. 

Embora não haja dados consistentes sobre os problemas decorrentes, alguns indícios apontam para problemas resultantes. O aumento do número de crianças e adolescentes que desenvolvem miopia é um exemplo disso. Os pesquisadores relatam, também, que a luz azul compromete a qualidade do sono, o que, nessa faixa etária, é extremamente importante porque tem relação direta com o crescimento do indivíduo.

Dicas para amenizar a situação e cuidar da saúde ocular das crianças

Não há como escapar do meio digital. As telas estão por toda a parte. Sendo assim, o ideal é encontrar um equilíbrio e incentivar a criança ou adolescente a participar de outras atividades de lazer e entretenimento no tempo livre. 

  • Siga a regra do 20-20: a cada 20 minutos, faça a criança desviar o olhar da tela por uma distância de aproximadamente seis metros durante 20 segundos.
  • Coloque um despertador para lembrar a criança de que está na hora de descansar a vista. 
  • Alternar as atividades também é uma boa opção. Cabe aos pais motivar os filhos a trocar o celular pelo livro, por exemplo, ou pedir façam pausas e olhem pela janela ou brinquem ao ar livre nos intervalos. 
  • Faça um acordo com a criança: a cada fase passada no videogame, é hora de sair da frente da TV e dar uma pausa de alguns segundos para os olhos. 
  • Caso o objetivo seja pausar a leitura de um e-book, use a função marca página para que ela se lembre da hora do intervalo. O mesmo vale se a criança passa muito tempo lendo um livro tradicional.
  • Ajuste o brilho e contraste da tela para que a iluminação fique mais confortável para os olhos. 
  • Ensine à criança uma boa postura na hora de ficar em frente à tela. Se não, além do cansaço ocular, o uso do dispositivo ainda pode causar dor de cabeça e dor muscular. 

Essas técnicas são importantes para que as crianças adquiram hábitos que as ajudem a fazer bom uso das telas, garantindo a diversão sem esquecer a saúde ocular.

Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficaremos muito felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do nosso trabalho como oftalmologistas em Belo Horizonte!

Comentários

Posted by DUO Oftalmologia e Plástica Ocular